GOIÁS

Apenas três cidades goianas não têm casos de Covid-19

Sítio da Abadia, Novo Planalto e Água Limpa são as cidades que, até esta quinta-feira (13), não haviam registrado casos de coronavírus


Laylla Alves
Do Mais Goiás | Em: 13/08/2020 às 18:37:23


Apenas três cidades goianas não têm casos confirmados de coronavírus (Covid-19) até esta quinta-feira (13). São elas: Sítio da Abadia, Novo Planalto e Água Limpa. De acordo com o secretário estadual de Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, a explicação para o fenômeno que acontece nestes municípios está no baixo número de habitantes e no pequeno apelo turístico.

A prefeitura de Sítio da Abadia diz que, para evitar o o alastramento do vírus, foram montadas barreiras sanitárias, passou-se a exigir uso de máscaras, de álcool em gel e determinou-se o fechamento de bares e comércio. Ainda segundo a prefeitura, apenas moradores da cidade têm autorização para entrar em Sítio de Abadia. Vale ressaltar que, segundo os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade tem 2.989 habitantes.

Já em Novo Planalto, com 4.495 moradores, a secretária Municipal de Saúde, Alana Aparecida do Prado, diz que, no início da pandemia, todos os estabelecimentos comerciais estavam fechados – o que, na opinião dela, contribuiu para impedir que o vírus chegasse. Ressalta também que, apesar de a cidade não ter barreiras sanitárias, o uso de máscara é obrigatório e há grande fiscalização da vigilância epidemiológica e sanitária no município.

“Para nós é muito gratificante não ter nenhum caso de coronavírus Em Novo Planalto, já que as cidades do entorno têm”, diz.

Água Limpa tem atualmente 1.850 habitantes, conforme os dados do IBGE. De acordo com a secretária Municipal de Saúde, Divina Lúcia da Silva, a pasta criou uma barreira sanitária para conscientizar as pessoas que entrarem na cidade e é obrigatório o uso de máscara e álcool em gel. Carros de som também foram usados para informar os moradores sobre os cuidados a serem tomados.

A secretária disse também que distribuiu ivermectina para a população e determinou lockdown em dois finais de semana.

*Laylla Alves é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira