CORONAVÍRUS

Aparecida inicia triagem de idosos para diagnóstico de Covid-19

Setor Buriti Sereno foi o primeiro bairro a ser atendido nesta terça-feira (16)


Laylla Alves
Do Mais Goiás | Em: 16/09/2020 às 17:02:13

(Foto: Enio Medeiros)
(Foto: Enio Medeiros)

A Secretaria de Saúde de Aparecida (SMS) iniciou, nesta terça-feira (15), triagem de idosos para diagnóstico do Coronavírus (Covid-19). O Setor Buriti Sereno foi o primeiro bairro a ser atendido.

Conforme a SMS, os agentes comunitários de saúde e de combate à endemias irão visitar as residências dos moradores, que têm mais de 60 anos de idade, para orientá-los sobre a Covid-19. Idosos com sintomas de gripe ou que tenham tido contato com algum caso confirmado da doença poderão ser encaminhados para realizar o exame RT-PCR.

Além disso, todos aqueles com mais de 80 anos, independentemente de sintomas ou histórico de contato, podem realizar o teste.

“Nós identificamos que, em números proporcionais, os idosos são os mais afetados pela Covid-19 e têm também o maior índice de mortalidade no município. Os números ficam ainda mais alarmantes quando se trata de pessoas com mais de 80 anos de idade. Cerca de 28% dos pacientes com essa idade que contraem o Coronavírus evoluem para o óbito. É o maior índice. Em termos comparativos, dentre as pessoas de 30 a 39 anos, esta taxa é de 0,15%. Diante dessa constatação, a SMS pensou em uma ação específica para esse grupo populacional”, disse Alessandro Magalhães, secretário de Saúde de Aparecida e presidente do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19.

Alessandro Magalhães diz também que a testagem dos idosos permite o diagnóstico precoce da doença e intervenções rápidas e eficazes.

“Assim que um idoso testar positivo, a nossa equipe de Telemedicina entrará em contato e iniciará o acompanhamento de imediato. Esse paciente também será monitorado com exames laboratoriais a cada 48h, além de tomografia e empréstimo de oxímetros. Ao menor sinal de agravamento, nossa equipe médica intervirá e o idoso será assistido da melhor forma evitando futuras complicações”, disse.

Gustavo Assunção, superintendente de Atenção à Saúde, alerta a população em geral: “quem tem parentes, amigos ou conhecidos idosos, sobretudo quando estes demandam mais cuidados, precisam redobrar a atenção com a higiene, a alimentação e a correta manutenção dos tratamentos e medicações rotineiros dessas pessoas. Estamos preparados para acolher, monitorar e tratar os idosos adequadamente, mas precisamos da conscientização em massa da população”.