Do Mais Goiás

Aparecida busca recursos para infraestrutura de turismo e habitação, em Brasília

Integrantes da Administração Municipal e de Ministérios se reuniram na Capital Federal na última quinta-feira (29)

Igreja Matriz Aparecida (Foto: Claudivino Antunes/SecomAparecida)
Igreja Matriz Aparecida (Foto: Claudivino Antunes/SecomAparecida)

Gustavo Mendanha participou de reuniões na Capital Federal para buscar recursos de infraestrutura de turismo e habitação para Aparecida. Reuniões feitas na última quinta-feira (29), em Brasília, envolveram secretários do município e pastas do Governo Federal relacionadas à infraestrutura de turismo e habitação. A busca de recursos visa revitalização de pontos turísticos e programas de moradia popular na cidade.

Além do prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, o secretário da Fazenda do município, André Rosa e de Relações Institucionais, Felipe Cortez, também acompanharam as reuniões em Brasília. O prefeito solicitou ao secretário Nacional de Infraestrutura Turística, Vicentinho Alves, empenho dos recursos destinados às obras de revitalização de parques e praças da cidade.

Infraestrutura Turística

Entre os projetos apresentados, está a requalificação de infraestrutura turística da Praça Matriz, no Centro Histórico de Aparecida. As reuniões foram feitas na última quinta-feira (29). Além de pleitear a revitalização da Praça Matriz, que completa 100 anos no próximo ano, a Administração de Aparecida quer construir um Centro Cultural Quilombola, o Centro de Artesanato e o Complexo Turístico Serra da Areia. Também foi solicitado recursos para a reestruturação do Centro de Cultura e Lazer José Barroso, na Cidade Administrativa Luiz Alberto Maguito Vilela.

O prefeito Gustavo Mendanha saiu da reunião otimista em relação a liberação de investimentos para ser empenhados nas obras. “A construção e revitalização de pontos turísticos ajudam no progresso e desenvolvimento da cidade. Os recursos solicitados para as obras tiveram respaldo positivo do ministro”, disse o gestor.

Habitação

Dando continuidade à agenda na Capital Federal, o prefeito Gustavo Mendanha e o secretário municipal de Relações Institucionais, Felipe Cortez, se reuniram também com o secretário Nacional de Habitação, Helder Melillo, no Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). O principal tema do encontro foi a busca de recursos para o programa de moradia popular em Aparecida de Goiânia.

Felipe Cortez afirma que há expectativa de construir pelo menos 500 moradias para os aparecidenses até o fim deste ano. “Ficou decidido que o Governo Federal colocará Aparecida como prioridade na construção do Programa Casa Verde e Amarela para facilitar o acesso da população à moradia digna. A meta é construir 2 mil unidades habitacionais nos próximos quatro anos”,declarou.