Do Mais Goiás

Anatel proíbe limite de internet por tempo indeterminado

Anatel proíbe limite de internet por tempo indeterminado

Na sexta-feira (22), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou nota proibindo limites de internet por tempo indeterminado até o conselho diretor do órgão chegar a um consenso e tomar uma decisão final. Em nota divulgada pelo jornal O Globo, a medida foi aprovada em reunião na tarde de sexta-feira. A motivação seria para que o órgão possa examinar os pedidos e reclamações da população. Até lá, a internet sem limites continua.

Parece que nem todo o lobby do mundo deu tão certo. A ação vem menos de uma semana depois da declaração polêmica de João Rezende, presidente da Anatel, de que a era da internet sem limites chegou ao fim – só no Brasil, já que ela se torna melhor, mais eficiente, mais rápida e mais gratuita em todos os outros cantos do universo civilizado – opinião e postura que levou não somente a duras críticas na internet por parte da população, mas de especialistas e profissionais.

Segundo O Globo, até a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) cogita entrar com ação contra a agência devido ao quão lesado o consumidor brasileiro pode ser com a limitação de banda. Os ânimos estão devidamente altos: o site da Anatel chegou a ficar fora do ar após um breve ataque hacker. Um abaixo assinado com mais de 1,6 milhão de assinaturas foi encaminhado à agência contra a medida e mesmo Juliana Pereira, secretária nacional do consumidor do Ministério da Justiça pediu explicações das operadoras Vivo, Oi e Claro.

Ainda não é uma vitória – longe disso – mas é uma boa notícia para o consumidor brasileiro que, talvez, possa vencer essa batalha contra as grandes corporações da telefonia.