EXPERIÊNCIA

Alunos são internados após experimento em aula de química, em Sanclerlândia

Segundo CEPM, estudantes inalaram um pouco de fumaça e ficaram internados para observação, "mas não foi nada grave"


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 03/09/2019 às 18:54:35

Em Sanclerlândia, estudantes precisaram ser internados após experimento na aula de química (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Em Sanclerlândia, estudantes precisaram ser internados após experimento na aula de química (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Na última sexta-feira (30), sete alunos do Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás – Unidade 5 de Janeiro, em Sanclerlândia, precisaram ser encaminhados para o hospital após a aula de química. A turma fazia um experimento com sabão e inalaram fumaça. Três estudantes permanecem internados.

O Comando de Ensino da Polícia Militar de Goiás (CEPM), responsável pela administração do colégio, confirmou que os alunos passaram mal, mas alegou não se tratar de uma intoxicação. “Eles inalaram um pouco de fumaça do experimento e ficaram internados para observação. Contudo, não foi nada grave“, afirmou o CEPM, que realizou a assistência para as famílias.

De acordo com o Comando, os três estudantes provavelmente receberão alta do Hospital Municipal de Sanclerlândia nesta quarta-feira (4). O Mais Goiás não teve acesso ao estado de saúde dos pacientes.

O Comando de Ensino da Polícia Militar de Goiás afirmou que a professora que ministrava a aula de química não sofrerá nenhum tipo de punição, pois “não houve dolo e a docente não teve intenção de machucar nenhum aluno”.