Eleições em Goiás

Alexandre Baldy comenta apoio de prefeitos do PP ao MDB

Com uma fala que enfatizou a liberdade democrática e a busca pelo “novo”, Baldy ressaltou o apoio da legenda no pleito em Goiás


Bárbara Zaiden
Do Mais Goiás | Em: 10/08/2018 às 15:49:27

"Eu respeito os prefeitos e prefeitas, as opções que eles desejarem realizar" (Foto: Bárbara Zaiden)

O ministro das Cidades Alexandre Baldy (PP) esteve em Goiânia na manhã desta sexta-feira (10) para o evento em que a Prefeitura entregou casas do residencial Jardim do Cerrado, próximo a Trindade. Na ocasião, Baldy falou que o Partido Progressista é democrático, em resposta ao apoio de alguns prefeitos da sigla à chapa majoritária do Democratas (DEM), a qual concorre ao Governo de Goiás. A situação tem gerado burburinhos, afinal, o PP está ligado à pré-candidatura do Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

“Eu respeito os prefeitos e prefeitas nas opções que eles desejarem realizar. Que cada um tome a sua decisão. Nós não somos de uma política não democrática. Somos de uma política democrática, aberta, do diálogo”, afirmou Baldy, que também é presidente do PP em Goiás. “O prefeito vai escolher o melhor candidato, que tenha o melhor projeto para o povo goiano e não pelos interesses, pelo jogo ou pelos recursos. Que ele não tenha receio, que ele não tenha medo de apoiar qualquer pré-candidato. Porque o governo é de todos e para todos”, completou.

Baldy conversou com a imprensa após o evento. Ele ainda falou do apoio conferido ao MDB. Com um tom já comum aos apoiadores da legenda, citou a necessidade do “novo”, associando o conceito ao nome de Daniel Vilela. “O PP tomou a decisão de apoiar o pré-candidato Daniel Vilela ao Governo do Estado por acreditar que ele seja o novo, o fato novo, na política goiana. Para que a gente tenha essa energia, essa busca”, finalizou o ministro.