Agonegócio

Agrodefesa divulga calendário de vacinação contra a febre aftosa

O pecuarista que não imunizar seus animais terá que fazer a vacinação assistida por fiscais da Agrodefesa, além de ser autuado em R$ 7.00 por animal,




Como já é de praxe, será realizada de 1º a 30 de novembro, a 2ª etapa anual de vacinação do rebanho bovino e bubalino contra a febre aftosa, abrangendo os animais com até 24 meses de idade. Também devem ser vacinados contra a raiva todos os animais herbívoros, incluindo, além dos bovídeos, equídeos e caprídeos, com idade até 12 meses, dos 120 municípios considerados de alto risco para a doença no Estado, cuja lista pode ser encontrada no site da Agrodefesa. A venda de vacinas está autorizada a partir desta sexta-feira, dia 30 de outubro, o que permitirá ao produtor aproveitar o final de semana para imunizar seus animais.

De acordo com a Gerência de Sanidade Animal da Agrodefesa, nessa etapa devem ser vacinadas aproximadamente 10 milhões de bovídeos, de um rebanho estimado de 21 milhões de cabeças. A Declaração de Vacinação deve ser encaminhada para a Agrodefesa até o 5º dia útil após o fim da campanha, o que pode ser feito online, no site da Agência, ou mediante formulário impresso, modelo também disponibilizado no mesmo site: www.agrodefesa.go.gov.br.

O pecuarista que não imunizar seus animais terá que fazer a vacinação assistida por fiscais da Agrodefesa, além de ser autuado em R$ 7.00 por animal, ou R$ 14,00 em caso de reincidência, além de ter sua propriedade interditada.