Do Mais Goiás

AGL e EBM inauguram biblioteca solidária com projeto “Papel Moeda”

A ideia do projeto é incentivar o hábito da leitura, fazendo com que, para se retirar um livro da estante, deve-se deixar outro no lugar

Nesta sexta-feira (19), às 19h, a Academia Goiana de Letras (AGL), em parceria com a EBM Desenvolvimento Imobiliário, vão inaugurar uma biblioteca solidária em Goiânia. O projeto, chamado “Papel Moeda”, visa incentivar a leitura, criando um acervo de obras que foi constituído por várias mãos. A dinâmica é bem simples: para pegar um livro, deve-se deixar outro no lugar.

Na inauguração, o escritor e colunista Lucão e a atriz Carol Schmid, do projeto Sarau das Midas, ambos goianos, são presenças confirmadas. Os dois não estarão lá à toa: outro objetivo da biblioteca é valorizar a literatura goiana. Para isso, haverá uma estante inteira dedicada aos escritores da nossa terra. Tudo isso mall do residencial DNA SmartStyle – T-10 acima da T-4.

“É uma iniciativa belíssima, até por partir de uma construtora, que você liga logo a imagem a concreto, a dureza. Uma empresa se preocupar com cultura, abrir espaço para a leitura, é surpreendente. Essa é uma ação muito importante para a sociedade e para os escritores”, comenta a presidente da AGL, Lêda Selma de Alencar.

E sabe como veio a ideia para tudo isso? De uma corrente de troca de livros no Facebook. “É uma forma de materializarmos a ação proporcionando um espaço para a comunidade. Dessa forma, o estande da empresa ganha uma funcionalidade além da comercial, mas de responsabilidade social”, explica o coordenador de comunicação da EBM, Ademar Moura.

Um espaço de todos

Mais do que o hábito à leitura, há a vontade de incentivar os goianos a frequentarem as bibliotecas. Esta ficará aberta das 9h às 18h, inclusive nos fins de semana, com um espaço onde a população pode “matar um tempo” e folhear alguns dos exemplares das estantes.

A EBM também tem desenvolvido uma ação para que o espaço fique ainda mais amplo e completo. Cada livro doado por um de seus funcionários dá direito a um cupom para concorrer a um dia no Clube Jaó. . “Queremos o engajamento do público e o envolvimento da sociedade na construção do acervo”, sublinha Ademar.

A imobiliária também está promovendo, através das rede sociais, uma campanha de incentivo a doações de obras. Os participantes concorrem a um voucher de R$ 150 da livraria Saraiva.