Do Mais Goiás

Agetop suspende fiscalização por radar móvel nas rodovias estaduais de Goiás

De acordo com o órgão, medida tem objetivo de evitar irregularidades em cobranças de multa 

O presidente da Goinfra, antiga Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Enio Caiado, suspendeu nesta quarta-feira (23), as fiscalizações por radares móveis em rodovias estaduais de Goiás. A decisão atende ao pedido e a uma das promessas de campanha do governador Ronaldo Caiado (DEM).

Segundo o órgão, ação visa evitar possíveis irregularidades em cobranças de multa.  Em vídeo gravado com o deputado estadual eleito Amauri Ribeiro (PRP), Enio anunciou a proibição total e imediata de radar móvel em qualquer rodovia do estado. “Vocês podem ter certeza que os radares vão sumir das nossas rodovias’”, diz em um trecho.

Nas imagens, o parlamentar também fala sobre a suspensão do uso deste tipo de radar. Segundo ele, não haverá mais “pardalzinho escondido atrás de moita de bambu, em curva de GO e principalmente em pé de ponte”. Para ele, a fiscalização era uma “farra com dinheiro público”. “Era uma forma legalizada que o governo saiu tinha para roubar o cidadão goiano”, criticou.

Por meio de nota, a Agetop garantiu que a medida não deve modificar a fiscalização fixa das rodovias.  De acordo com o texto, um levantamento está sendo realizado pela nova gestão da Agência e vai apurar a quantidade de radares móveis que deixarão de funcionar. O estudo também irá divulgar o quantitativo de fiscalizações fixas nas estradas.