Do Mais Goiás

Agentes frustram fuga por buraco no presídio de Padre Bernardo

De acordo com DGAP, fuga contemplaria nove presos que cumprem penas pro roubo, homicídio e outros crimes

Um fuga foi frustrada por servidores plantonistas da Unidade Prisional de Padre Bernardo, a 256 quilômetros de Goiânia, no último domingo (29). De acordo com a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), os detentos sairiam por um buraco que estava perfurado no teto da cela em que estavam.

Ainda de acordo com a DGAP, os agentes flagraram o buraco no momento em que faziam a revista estrutural. Os detentos utilizaram objetos retirados da própria estrutura para realizar a perfuração. O local foi isolado para passar pelos reparos necessários.

Segundo a DGAP, a cela estava com nove detentos que cumprem pena por roubo, homicídio, entre outros crimes. Um procedimento administrativo foi aberto para apurar as responsabilidades e as aplicações das sanções disciplinares necessárias.

Os materiais utilizados para fazer o buraco foi repassado às autoridades policiais para as providencias cabíveis.