Do Mais Goiás

Agente penitenciário está em coma após se afogar durante treinamento, em Hidrolândia

De acordo com a DGAP, servidor estava na etapa de nado operacional e transposição de curso d'água quando passou mal e se afogou

Agente penitenciário fica em estado grave após se afogar durante treinamento, em Hidrolândia
Agente penitenciário fica em estado grave após se afogar durante treinamento, em Hidrolândia

Um agente penitenciário, de 36 anos, se afogou durante um treinamento do Curso de Operações Penitenciárias Especiais (Cope), na noite desta quinta-feira (12), em um lago na zona rural de Hidrolândia. Segundo o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), ele está em coma e internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital.

De acordo com a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), Thiago Morais Batista de Mendonça estava na etapa de nado operacional e transposição de curso d’água quando passou mal. O resgate foi feito por bombeiros que estavam no treinamento, mas outra equipe do Corpo de Bombeiros também foi acionada.

A corporação destaca que, ao chegar no local, Thiago já havia sido retirado da água. Ele teve uma parada cardiorrespiratória e os miliares fizeram procedimentos de reanimação durante cerca de 36 minutos. Após retomar os sinais vitais, ele foi encaminhado ao , em estado grave, no helicóptero do Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer).

A DGAP informou que acompanha o caso. E que os instrutores policiais penais do curso são qualificados para tal treinamento e seguem um padrão de procedimentos operacionais e técnicos para o tipo de instrução da qual o agente participava. E mais: que as equipes acompanharam a assistência médica prestada a Thiago e à família dele.