Leicilane Tomazini
Do Mais Goiás

Agente da SMT isola via por 3h para cuidar de égua atropelada em Campinas

Graziella Neres Fleury chamou a atenção nas redes sociais após amparar o animal que estava agitado. A égua, batizada de Canela, passará por cirurgia

Agente da SMT fica ao lado de égua atropelada por cerca de três horas
Uma Agente da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) de Goiânia chamou a atenção nas redes sociais após amparar uma égua atropelada por um carro, no Setor Campinas, na última segunda-feira (17). Graziella Neres Fleury fez carinho no animal para acalmá-lo, e ficou ao seu lado até que fosse resgatado e encaminhado ao Centro de Zoonoses. Após uma avaliação, foi constatado que a égua sofreu uma fratura na pata direita.

Uma agente da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) de Goiânia chamou a atenção nas redes sociais após amparar uma égua atropelada por um carro, no Setor Campinas, na última segunda-feira (17). Graziella Neres Fleury fez carinho no animal para acalmá-lo, e ficou ao seu lado até que fosse resgatado e encaminhado ao Centro de Zoonoses. Exame constatou que o animal sofreu fratura na pata direita.

A agente informou que sua equipe foi acionada para controlar o trânsito depois do acidente. “Pelo horário havia um fluxo muito grande de veículos. Como ela estava muito agitada – lembrei que esses animais têm uma audição muito acurada -, decidimos isolar totalmente a via para que ela ficasse mais tranquila”.

Segundo Graziella, as pessoas que estavam próximas ao local também decidiram ajudar. Uma vizinha levou um balde de água para dar ao animal e os funcionários de um posto de combustíveis providenciaram um toldo para amenizar o sol sobre o equino. A agente disse ainda, que ficou conversando com a égua e até deu um nome para ela: Canela.

Resgate

A equipe da SMT chegou ao local do acidente por volta de 8h40. A retirada do animal ocorreu por volta de meio dia, com a ajuda de um guincho com rampa, da própria secretaria. A ‘Canela’ foi então conduzida ao Centro de Zoonozes, e, depois, para uma clínica veterinária.

Sobre a causa do acidente, Grazilla disse que foi informada de que a égua estava acompanhada de um cavalo e, ao se movimentarem no cruzamento da Rua Senador Jaime com a Avenida Perimetral, a fêmea acabou sofrendo um acidente, depois de bater a pata traseira na porta de um carro que passava pela via.

Tratamento

Após ficar sabendo do caso, o estudante de direito, Marco Berquó, assumiu a responsabilidade sobre o tratamento da ‘Canela’. A égua deverá ser submetida a uma cirurgia ainda na tarde desta terça-feira (18), e os custos podem chegar a R$ 15 mil. O estudante falou à reportagem que está providenciando uma Vakinha online, juntamente com a clínica que está atendendo o animal, para cobrir todos os gastos.

Marco disse ainda que cuida de 32 animais, entre cães e gatos, na sua própria casa. “Já trabalho com resgate de animais de rua – esse é o primeiro de grande porte – e ao ver a situação da égua larguei tudo que estava fazendo para tentar ajudar. Esperamos que tudo saia bem na cirurgia e que a ‘Canela’ esteja recuperada em breve”, finalizou.