Do Mais Goiás

Agente da PRF é morto pela namorada com suposto tiro acidental, em Anápolis

Vítima teria dito que havia removido as munições e pedido para que a companheira apertasse o gatilho

Agente da PRF é morto pela namorada com suposto tiro acidental, em Anápolis
O Polícia Rodoviária Federal de Anápolis, Igor de Aquino (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Um disparo supostamente acidental tirou a vida do Policial Rodoviário Federal (PRF), Igor de Aquino, de 41 anos, na madrugada desta terça-feira (4), no Centro de Anápolis. Segundo ocorrência da Polícia Militar, a namorada do agente admitiu o ato e alegou que o tiro foi um acidente. A mulher, de 29 anos, não foi identificada.

De acordo com a PM, a equipe foi acionada por volta de 21h40 até o apartamento da vítima, localizado num condomínio na Rua Floriano Peixoto, no Centro da cidade. No corretor do apartamento, encontraram a namorada de Igor.

O corpo de vítima estava caído no chão da sala, com um ferimento na testa causado pelo tiro. Aos policiais, a mulher explicou que os dois tinham o costume de fazer brincadeiras com a pistola. A arma utilizada tinha a marca da PRF e estava jogada em um sofá.

Nesta última brincadeira, Igor teria dito para a namorada que havia removido as munições e pedido para que ela apertasse o gatilho. A mulher efetuou o disparo e assim que percebeu começou a gritar e chorar.

Vizinhos relataram à polícia que se assustaram com o som do disparo e confirmaram não houve briga, apenas que ouviram a mulher chorar. A namorada ainda informou que tentou socorrer Igor, mas que ele já não apresentava sinais de vida, restando a ela apenas aguardar as viaturas chegarem.

A mulher foi encaminhada a Central de Flagrantes onde caso foi registrado como homicídio simples. Inquérito da Polícia Civil terá início na tarde de hoje. O corpo deverá passar por uma perícia, assim como o local do crime. Vizinhos e a namorada de Igor deverão ser ouvidos de maneira formal pelos investigadores.

Em nota a PRF lamentou o falecimento do agente. Segundo a corporação, Aquino ingressou na instituição no ano de 2005 e estava de folga quando morreu. Confira abaixo a nota completa.

“A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lamenta, com profundo pesar, o falecimento do Policial Rodoviário Federal Igor de Aquino, nesta terça-feira (04), em Anápolis (GO).

O PRF De Aquino ingressou na instituição em 2005 exercendo suas funções na atividade finalística nas delegacias de Jataí, Rio Verde e atualmente estava lotado na delegacia de Goiânia.

Igor estava de folga em uma residência quando foi atingido por um disparo de arma de fogo. As circunstâncias estão sendo apuradas pela polícia civil de Anápolis e acompanhadas pela PRF.”