Do Mais Goiás

Adson Batista diz que Atlético-GO perdeu a essência do seu futebol contra o Corinthians

No jogo diante do Corinthians, o Atlético-GO chegou ao sétimo jogo sem vencer em casa na Série A

Adson Batista, presidente do Atlético-GO
Adson Batista, presidente do Atlético-GO. Foto: Bruno Corsino - ACG

O presidente do Atlético-GO, Adson Batista, não poupou críticas a equipe do Dragão, após o empate contra o Corinthians, no domingo (13), no estádio Antônio Accioly. De acordo com o dirigente, faltou a essência ofensiva do time no jogo contra o time paulista, além também de coragem para alguns jogadores durante a partida.

“Uns dois ou três jogadores foram bem, o resto estiveram muito abaixo, com medo de jogar. Perdemos nossa essência, de jogar para frente, isso me preocupou. O Atlético-GO precisa ter mais intensidade, jogar em cima do adversário, essa característica que gosto de ver na equipe, coragem, intensidade. Senti os jogadores com medo de jogar, rodando bola para trás, sem profundidade”, disse o presidente.

Adson Batista também destacou que não viu evolução na equipe nas duas semanas que o time ficou sem jogar. Segundo ele, a equipe cresceu apenas na parte física, mas que esteve perdida em campo. “Não vi evolução. Estávamos jogando melhor, teve empates que merecíamos ter ganhado. Agora, nós precisamos recuperar os jogadores, só crescemos fisicamente, erramos passes, corremos errado”, disse.

Na escalação inicial, o dirigente atleticano também criticou, porém se colocou um pouco de culpa. Isso porque, o Atlético-GO jogou com dois laterais nas funções de ponta, já que Janderson e André Luís são jogadores do Corinthians e não poderiam jogar. O presidente gostaria de ter visto um atacante de ofício nas posições, mas também se culpou pelo elenco, que não conta com muito nomes para a função.

Acho que não poderíamos jogar com dois laterais, que têm dificuldades de jogar de costa, tínhamos de ter um atacante de lado para substituir o lado esquerdo. Mas me coloco um pouco de culpa, já que não conseguimos achar mais um jogador para a posição no mercado. Vamos ouvir o pensamento da comissão técnica, a gente analisa, mas foi nítido que alguns jogadores nossos perderam a personalidade, coragem, principalmente no meio de campo”, completou Adson Batista.

Como está a situação do Atlético-GO no Brasileirão?

Apesar do empate contra o Corinthians e do clube chegar a 7 partidas sem vencer em casa, o Atlético-GO segue na briga pelo G-6 do Brasileirão. Com 26 pontos, o Dragão ocupa a 8ª colocação e está a 3 pontos do Timão, que é o primeiro na faixa de classificação para a Libertadores. Na próxima rodada, os goianos vão até o Morumbi para enfrentar o São Paulo, pela 21ª rodada, no domingo(19).