Adriana Accorsi nega que tenha sido expulsa de bar em Goiânia: “é só ver a foto para comprovar”

Boato surgiu depois que vídeo viralizou no WhatsApp e no Twitter ontem. Deputada afirma que nunca frequentou o restaurante


Bárbara Zaiden
Do Mais Goiás | Em: 29/10/2018 às 18:33:48


A deputada estadual Adriana Accorsi (PT), por meio das redes sociais, desmentiu um boato de que ela havia sido expulsa e hostilizada ontem do restaurante Mercatto, em Goiânia. A informação surgiu neste domingo (28), depois que um vídeo viralizou no WhatsApp. As imagens mostram uma mulher vestida de vermelho, saindo do estabelecimento, enquanto outras pessoas presentes gritavam “Fora PT”.

A assessoria de imprensa da parlamentar confirmou que ela teve conhecimento do vídeo na noite de eleição. Na página do Facebook, Adriana esclareceu que nunca frequentou o restaurante e que é fácil observar que não é ela que está no vídeo. “Venho esclarecer para as pessoas que gostam de mim e estão preocupadas, que não sou eu. É muito fácil ver que a mulher não se parece absolutamente comigo. Afirmo que nunca almocei neste local e além disso, estou com sete meses de gravidez, só ver a foto para comprovar!”:

A filha de Adriana Accorsi, Verônica Sauthier, confirmou no Twitter que ela e a mãe almoçaram juntas no domingo. “Oi gente. Está circulando um vídeo onde uma mulher é expulsa com agressões do restaurante Mercatto por ser “do PT”. Estão dizendo que ela é a minha mãe @Adriana_Accorsi . Isso É MENTIRA, hoje almoçamos juntas e minha mãe está grávida”.

Assista ao vídeo: