ELEIÇÕES 2020 | 2º TURNO

Adriana Accorsi declara voto em Maguito Vilela

PT orientou seus filiados e militantes a não votar no candidato Vanderlan Cardoso


Eduardo Pinheiro
Do Mais Goiás | Em: 21/11/2020 às 11:10:53

Adriana Accorsi disputa pela segunda vez cargo de prefeita da capital (Foto: Portal Alego)
Adriana Accorsi disputa pela segunda vez cargo de prefeita da capital (Foto: Portal Alego)

A ex-candidata a prefeita de Goiânia, delegada Adriana Accorsi (PT), declarou apoio a Maguito Vilela (MDB) no segundo turno da eleição municipal de 2020. Em nota divulgada na manhã deste sábado (21) diz que a decisão veio depois de ponderar muito no assunto. O posicionamento do partido, deliberado na sexta-feira (20), ainda orienta os militantes a “não votar no candidato Vanderlan Cardoso (PSD) e não praticar qualquer ato que contribua para sua vitória”.

Na nota, Adriana Accorsi, que ficou em terceiro lugar na disputa para a prefeitura de Goiânia com 80.715 votos, diz que não pode votar em “candidato que defende os ideais de Bolsonaro, sua política do ódio, da mentira, das fake news, que vem trabalhando sistematicamente pela destruição e desconstrução das políticas sociais; pela redução dos direitos dos trabalhadores, promovendo o aumento do desemprego, da miséria e da fome no nosso país; que mostra seu descaso com a saúde pública e com a preservação do meio ambiente”.

A deputada estadual ainda afiram que Vanderlan tem se mostrado uma “pessoa cruel e desumana, sem qualquer sentimento solidário com a dor alheia”. “Estou na torcida pela pronta recuperação do candidato Maguito Vilela, que já trabalhou ao lado do PT em suas administrações e que ele esteja logo de volta ao convívio de todos e todas para administrar nossa capital”, conclui a nota.

Na sexta-feira (20), Solidariedade, Rede, Pros e PDT formalizaram apoio à campanha de Maguito.

Leia a nota na íntegra

NOTA À IMPRENSA

Como candidata a prefeita de Goiânia, ouvi todos os setores da sociedade e todas as regiões para apresentar projetos e propostas para resolver os problemas da cidade, mostrando como e com que recursos concretizaria cada um deles. Ao ficar em terceiro lugar na disputa, aguardei a decisão do meu partido sobre que posicionamento tomar no segundo turno e depois de ponderar sobre o assunto decidi que meu voto será para o candidato Maguito Vilela, do MDB.

Ontem o Diretório Municipal do PT orientou seus filiados e militantes a não votar no candidato Vanderlan Cardoso e não praticar qualquer ato que contribua para sua vitória. Liberou a militância a votar como quiser no segundo turno. Não sou favorável ao voto nulo. Acredito que não podemos nos omitir neste momento tão difícil pelo qual passa nossa cidade, estado e país.

Não posso votar em candidato que defende os ideiais de Bolsonaro, sua política do ódio, da mentira, das fake news, que vem trabalhando sistematicamente pela destruição e desconstrução das políticas sociais; pela redução dos direitos dos trabalhadores, promovendo o aumento do desemprego, da miséria e da fome no nosso país; que mostra seu descaso com a saúde pública e com a preservação do meio ambiente. Além disso, Vanderlan Cardoso tem se mostrado uma pessoa cruel e desumana, sem qualquer sentimento solidário com a dor alheia.

Estou na torcida pela pronta recuperação do candidato Maguito Vilela, que já trabalhou ao lado do PT em suas administrações e que ele esteja logo de volta ao convívio de todos e todas para administrar nossa capital.

Delegada Adriana Accorsi – Deputada Estadual e ex-candidata a Prefeita de Goiânia – PT