Adolescentes são apreendidos suspeitos de ameaçar colegas de sala, em Inhumas

Direção da unidade aguarda o posicionamento do MP sobre a atitude dos menores, que chegaram a desenhar imagens e frases com conteúdo criminoso nos uniformes


Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 22/03/2019 às 15:56:52

Menores teriam histórico de problemas no colégio (Foto: Divulgação / PM)
Menores teriam histórico de problemas no colégio (Foto: Divulgação / PM)

Quatro adolescentes foram apreendidos, nesta quinta-feira (21), suspeitos de ameaçar colegas de sala, em Inhumas, cidade a 46 quilômetros de Goiânia. Segundo informações da Polícia Militar (PM), os estudantes do Colégio Estadual Joaquim Pedro Vaza estavam com dois simulacros de arma de fogo e um canivete.

Os adolescentes ainda teriam desenhado imagens de armas e palhaços nas camisetas de uniforme do colégio. Os suspeitos C.S.G.M. (16), L.T (17), E.B.G.S (14) e E.X.M (15) também publicavam diversas mensagens com conteúdo criminoso nas redes sociais.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Em entrevista exclusiva ao Mais Goiás, o diretor da escola, Pedro Henrique Santos Faria, contou que os adolescentes também ameaçaram uma coordenadora. Eles teriam dito “enquanto estivermos trazendo as armas de brinquedo vocês podem ficar de boa”.

“Eles são alunos que davam problema demais. Faziam graça e ameaçavam colegas para provocar o terror. No início desta manhã, vários pais foram até o colégio e queriam tirar os filhos porque ficaram assustados. Eles [os pais] temiam que acontecesse a mesma situação de Suzano. Mas nós explicamos e a situação foi controlada”, explica.

A direção do colégio aguarda as medidas cabíveis aos alunos e espera o posicionamento do Ministério Público de Goiás (MP-GO) sobre a atitude dos menores. Pedro afirma que como o fato ocorreu nesta quinta-feira, a direção ainda não teve tempo de se comunicar com todos os pais, mas uma reunião foi agendada para a próxima segunda-feira (1º).

Segundo o diretores, os jovens não foram convidados a procurar outra unidade escolar. Desde o ataque em Suzano, São Paulo, no último dia 13 de março, a equipe policial de Inhumas intensificou as visitas ao colégio e tem abordado ações de conscientização e de prevenção com os alunos.

Os jovens foram apreendidos em flagrante em uma ação conjunta entre o Comando do 40º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o Conselho Tutelar de Inhumas e o Ministério Público (MP-GO). Eles foram conduzidos para a Delegacia Distrital. Caso será investigado pelo delegado Miguel da Mota Leite Filho.

Veja o vídeo gravado pelos militares logo após a apreensão dos adolescentes:

Com os suspeitos, a polícia apreendeu dois simulacros de arma de fogo e um canivete (Foto: Reprodução)

Com os suspeitos, a polícia apreendeu dois simulacros de arma de fogo e um canivete (Foto: Reprodução)

*Thaynara Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lobo