Disparo acidental

Adolescente mata irmão de 7 anos com tiro acidental em Ipameri

Irmão mais velho encontrou espingarda em cima de um guarda-roupas e decidiu mostrá-la à criança; arma disparou contra o rosto do menino


Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 13/08/2019 às 10:57:47

(Foto: Divulgação / PC)
(Foto: Divulgação / PC)

Um menino de sete anos morreu após ser atingido por um disparo acidental de arma de fogo dado pelo irmão mais velho. Caso ocorreu na noite desta segunda-feira (12), em uma fazenda localizada na zona rural do município de Ipameri, a 200 km de Goiânia. O tiro atingiu o rosto de H. A. F. M., que não resistiu ao ferimento e morreu no local antes da chegada dos bombeiros. As informações são da Polícia Civil (PC).

P. L. A. C., de 17 anos, encontrou a espingarda calibre 28 em cima do guarda-roupas de um dos quartos da casa da família. Ele decidiu pegá-la para mostrar ao irmão mais novo. Ao tentar fechar a arma, ela disparou e acertou o rosto da criança.

Os pais dos menores falavam ao telefone quando ouviram o disparo. Ao chegar no quarto o filho mais novo já estava caído no chão. Uma equipe dos bombeiros chegou a ser acionada, mas a criança já havia ido a óbito. O local foi isolado por policiais militares até a chegada da perícia da PC. A arma pertencia ao patrão dos pais dos garotos e foi deixada no local para que a família se protegesse em caso de emergência.

O adolescente foi conduzido para a Central de Flagrantes de Catalão, onde foi lavrado um Boletim de Ocorrência Circunstanciada (BOC) contra P. L. A. C. e a arma de fogo foi apreendida. O Mais Goiás tentou contatar com o delegado regional, Jean Carlos Arruda, às 9h50 desta terça-feira (13), mas não obteve sucesso.

*Thaynara Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira