Briga de torcida

Adolescente é apreendido após atirar contra torcedores do Vila Nova, em Aparecida de Goiânia

Os disparos acertou um dos torcedores que foi encaminhado para o Huapa. O menor foi apreendido logo após o crime em uma casa no mesmo bairro


Kayque Juliano
Do Mais Goiás | Em: 25/02/2019 às 11:26:02

Com o menor a polícia aprendeu um revólver calibre 32(Foto: Divulgação/ PM)
Com o menor a polícia aprendeu um revólver calibre 32(Foto: Divulgação/ PM)

Um adolescente de 16 anos foi apreendido suspeito de ter atirado contra torcedor do Vila Nova, na tarde deste domingo (24), no Bairro Colina Azul 2, em Aparecida de Goiânia. A vítima dos disparos foi socorrida e encaminhada para o Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa). O menor foi apreendido minutos após o crime.

De acordo com informações do registro da ocorrência, um grupo de torcedores do Vila Nova estava em um ponto de ônibus quando dois torcedores informaram uma equipe policial que patrulhava pela região que um rapaz, vestido com uma camiseta da seleção brasileira e uma bermuda do Goiás Esporte Clube, teria passado pelo grupo na garupa de uma motocicleta e disparo pelo menos cinco vezes contra os torcedores. Durante os disparos, um deles foi alvejado.

O rapaz baleado, 22 anos, foi socorrido por terceiros e encaminhado para o Huapa. Em nota, o hospital informou que o paciente foi atendido e avaliado pela equipe multidisciplinar do hospital e passou por exames de imagens, onde foi constatado que o projétil está alojado na região lombar. Posteriormente, o rapaz foi transferido para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde será realizada uma tomografia.

Segundo o registro, após os disparos, um dos torcedores do grupo seguiu o suspeito em um motocicleta e viu o momento em que ele entrou em uma residência no mesmo bairro. Depois, o torcedor retornou e comunicou aos militares que estavam na viatura do paradeiro do atirador. Os policiais foram até o endereço informado e viram o menor entrando na casa vizinha.

Os militares entraram na residência e localizaram o adolescente na porta da cozinha. Questionado sobre a tentativa de homicídio, ele confessou a autoria do crime e levou a equipe policial  até a casa dele.

Em um sofá, que estava no quintal do imóvel, os policiais apreenderam um revólver calibre 32 com numeração raspada. Na casa também foi encontrada a moto utilizada pelo suspeito para praticar o crime. Como o veículo não tinha restrições, o mesmo não foi apreendido.

Na delegacia o adolescente foi autuado por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Para a equipe, ele relatou que a motivação seria uma vingança de disparos que havia sofrido anteriormente.