Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás

Acusado de tentar matar enteado no Dia dos Pais é absolvido em julgamento

O representando do MP-GO solicitou que fosse feita a mudança do crime de homicídio para lesão corporal. Júri acatou o quesito absolutório dito pelo juiz

Acusado de tentar matar enteado no Dia dos Pais é absolvido em julgamento
Acusado de tentar matar enteado no Dia dos Pais é absolvido em julgamento (Foto: Silvio Túlio/G1)

Leomar Leite de Andrade, de 53 anos, foi absolvido da acusação de tentar matar o enteado com golpes de faca no Dia dos Pais. A decisão foi dada pelo júri popular e assinada pelo juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 3ª Vara dos Crimes Dolosos Contra a Vida.

No documento consta que o representante do Ministério Público (MP-GO) solicitou que o crime fosse alterado de homicídio para lesão corporal. A defesa de Leomar concordou com a alteração da tipificação do crime e também sustentou pela absolvição do réu.

Com isso, foi feita a votação dos quesitos expostos no julgamento. Na sentença, consta que “ficou reconhecida a materialidade delitiva, a autoria do golpe pelo acusado e o início da execução de um crime de homicídio.” Porém, ficou entendido que o crime não se consumou por circunstâncias alheias à sua vontade. O júri aceitou o quesito absolutório deferido pelo juiz.

O caso aconteceu em 9 de agosto de 2015. A vítima, Yuri Magalhães de Andrade, com 15 anos à época, foi ferida no abdômen. De acordo com a denúncia oferecida pelo MP-GO, a família comemorava o Dia dos Pais em um clube da capital e fazia ingestão de bebidas alcoólicas quando tudo aconteceu.

No retorno para casa, em Goianira, o homem teria alegado que era apaixonado pela enteada e desferido um tapa nas nádegas dela. A vítima, que é irmão da garota e enteado de Leomar, discutiu com o padastro depois que viu o que aconteceu.

Leomar teria sealterado e ameaçado o adolescente com uma faca. Na denúncia também consta que o homem teria tido que iria decepar a cabeça do adolescente. Ao fugir para rua, Yuri foi atropelado por uma moto. No documento, consta que Leomar ficou enfurecido e partiu para cima do motociclista, com a intenção de feri-lo.

Neste momento, o adolescente tentou impedi-lo e o segurou por trás. Ao movimentar a faca para trás, o padastro atingiu o enteado no abdômen. O jovem foi socorrido por um tio e sobreviveu aos ferimentos.