FolhaPress

Acusado de assédio, ator Casey Affleck não apresentará premiação no Oscar

A notícia foi confirmada nesta quinta (25), por representantes da Academia. Affleck não comentou o assunto, mas um assessor dele confirmou ao site "Deadline" que o ator não participaria da cerimônia

Vencedor do Oscar de melhor ator no ano passado, por “Manchester à Beira-Mar”, Casey Affleck não irá participar da cerimônia deste ano, marcada para 4 de março.

A notícia foi confirmada nesta quinta (25), por representantes da Academia. Affleck não comentou o assunto, mas um assessor dele confirmou ao site “Deadline” que o ator não participaria da cerimônia.

É tradição que o vencedor na categoria de atuação do ano anterior apresente os indicados do gênero oposto no próximo Oscar. Sendo assim, Affleck deveria apresentar o prêmio de melhor atriz neste ano.

O ator, contudo, enfrenta acusações de assédio sexual da época que ele dirigiu o filme “Eu Ainda Estou Aqui” (2010). Tanto uma produtora quanto uma diretora de fotografia o acusaram de tê-las assediado.

Embora as denúncias já rondassem Affleck na época em que ele era indicado ao prêmio, elas não impediram a sua vitória no Oscar.

Vale dizer que foi só em outubro do ano passado, meses depois do Oscar, que o coro contra os abusos sexuais engrossou, impulsionado pelas denúncias contra Harvey Weinstein.