Crime bárbaro

Acusada de matar homem com machado e pedradas é presa em Luziânia

A autora do crime também utilizou uma faca no assassinato, ocorrido em outubro. Os outros três envolvidos no crime já foram detidos pela Polícia Civil


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 07/12/2018 às 17:17:26

Larissa confessou o crime mas não sua motivação (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Larissa confessou o crime mas não sua motivação (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Na manhã desta sexta-feira (07), policiais do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) e da Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) de Luziânia, cidade a 209 quilômetros de Goiânia, realizaram a prisão de Larissa da Silva Bastos, 18 anos, suspeita da participação de um homicídio qualificado. O crime ocorreu em outubro deste ano, no bairro Parque Estrela Dalva X, em Luziânia.

A vítima, Ailton Alves dos Santos,  de 30 anos, foi morto após ser violentamente agredido por Larissa com golpes de machado, faca e pedra. O delegado responsável pelo caso, Maurício Passerini, confirma que Larissa é uma uma das quatro pessoas atuantes no crime, sendo a única que ainda não havia sido localizada pela Polícia Civil.