5 músicas para comemorar o aniversário de Selena Gomez

A cantora pop assopra velinhas neste sábado (22) e separamos cinco de seus maiores sucessos

A cantora pop Selena Gomez comemora seus 25 anos neste sábado (22). A norte-americana, apesar da pouca idade, já é veterana no show biz. Ela começou no seriado infantil Barney e Seus Amigos e, anos mais tarde, alcançou o estrelado internacional após ser contratada pelo Disney Channel.

Sob a guarda de Mickey Mouse, não demorou muito para que Selena desse seus primeiros passos rumo à carreira musical. Em 2009, lançou seu primeiro disco, Kiss And Tell, e, de lá para cá, evoluiu musicalmente, saiu da Disney, foi para rehab e teve sua redenção musical em 2015 ao lançar o aclamado por crítica e público Revival.

Para este ano, Selena Gomez planeja um novo disco. Segundo ela, ainda mais maduro que o anterior. Até agora, só temos dois singles para darmos uma espiadinha no que há por vir: Bad LiarFetish.

Para comemorar o aniversário de Selena Gomez, o Mais Goiás fez uma retrospectiva da carreira da cantora e separou seus cinco hits mais marcantes.

Naturally (2009)

Esta faixa se destacou do restante do primeiro disco de Selena Gomez, Kiss and Tell, por ser uma música disco, enquanto o restante do álbum foi influenciado pelo pop-rock. Foi a primeira faixa da cantora a ser uma das mais tocadas nas boates (mesmo que, à época, ela ainda não tivesse idade suficiente para frequentar uma).

Love You Like A Love Song (2011)

Esta canção foi a levou Selena a outro patamar enquanto artista. A faixa, além de mais pop e mais cativante que as anteriores, era melhor produzida e a voz de Gomez está mais segura ao cantar os versos. Foi mais uma canção que tocou exaustivamente em baladas, apesar de sua intérprete ainda ser menor de idade.

The Heart Wants What It Wants (2014)

Esta balada foi a redenção de Selena Gomez. Após passar um tempo afastada, lidando com problemas mentais e com o vício em analgésicos, a cantora lançou esta faixa, explicitamente falando sobre seu controverso relacionamento com Justin Bieber. Ela canta sobre ter noção de que o romance entre os dois a machuca, mas “o coração quer o que ele quer”. A faixa chegou à sexta posição das mais tocadas nos Estados Unidos.

Hands To Myself (2016)

Este foi o terceiro single do disco Revival, último lançado pela cantora e, considerado pela crítica, seu melhor trabalho. A música mostra um lado mais sexy e confiante da cantora. Aqui, nota-se que sua voz está mais confortável, mais madura e controlada, aliada a uma melodia simples, porém cativante. A faixa chegou à sétima posição das mais tocadas nos Estados Unidos. No ranking restrito apenas a músicas pop, Hands To Myself chegou ao topo.

Bad Liar (2017)

Misturando samples de Psycho Killer e uma algumas batidas no refrão, Selena Gomez apresentou este como o primeiro single de seu novo álbum, ainda sem nome ou data de lançamento. O material é mais adulto e, assim como Hands To Myself, seguro e confortável para a voz da cantora. Não foi exatamente um sucesso comercial (alcançando apenas a vigésima posição das mais ouvidas), mas foi bem aceita pela crítica e pelo público.