Cidades

Terça-feira, 10 Maio 2011 às 11:13

Secretaria de Educação inspeciona merenda e afasta diretores




Mais Goiás

O secretário de Estado da Educação, Thiago Peixoto, afastou temporariamente dos cargos os diretores do Colégio Estadual Olavo Bilac, de Águas Lindas de Goiás, Maria Cleuza Ribeiro, e do CAIC Novo Gama, em Novo Gama, Nilson Ferreira dos Santos.

A medida foi tomada ontem, após denúncias sobre situações inadequadas ao acondicionamento de alimentos e ao preparo da merenda escolar. Além do afastamento, uma equipe técnica começa hoje inspeções nas unidades.

Nas escolas da rede estadual em Goiás, a gestão da merenda é descentralizada, em que as escolas recebem os recursos, compram os alimentos necessários, acondicionam, preparam e distribuem a merenda aos estudantes.

A Secretaria da Educação, por meio da Gerência de Merenda Escolar, capacita os responsáveis pela merenda nas escolas, fornece guias e livros de receitas, orienta a execução dos cardápios e fiscaliza as condições em que esse processo ocorre em cada unidade. Essa descentralização, entretanto, que dá autonomia às escolas, implica, por outro lado, maior responsabilidade dos gestores na condução de cada etapa do processo da merenda escolar.

INSPEÇÃO TÉCNICA
Além do afastamento dos dois diretores, a Secretaria da Educação enviou hoje às escolas do Entorno de Brasília uma equipe de supervisores da Gerência da Merenda Escolar e da Gerência de Atendimento Educacional e Inspeção Escolar. Eles iniciam hoje a inspeção das unidades para verificar as condições da merenda.

A equipe visitará várias escolas, mas terá como principal objetivo avaliar as condições do CAIC de Novo Gama e do Colégio Estadual Olavo Bilac, em Águas Lindas. As duas escolas estão sob a jurisdição das subsecretarias regionais de Educação de Luziânia e de Planaltina, respectivamente. Além de observar as condições de higiene, acondicionamento e preparo da merenda, eles vão inspecionar a chegada dos recursos destinados à merenda nas escolas, a forma com que as escolas estão aplicando os recursos e, ainda, a prestação de contas dos primeiros meses deste ano.

Após a supervisão nas escolas do Entorno, os técnicos farão um relatório para a Superintendência de Programas Educacionais Especiais da Secretaria da Educação, que determinará abertura de Processo Administrativo Disciplinar para apurar responsabilidades. A Subsecretaria Regional de Luziânia determinou aos gestores e responsáveis pela merenda em todas as escolas sob a sua jurisdição que aumentem o rigor nos cuidados com a merenda, intensificando, também, a fiscalização das condições em toda a rede.

Tópicos: Educação


Noticias Relacionadas


Bookmark and Share